Piscinas para todos os gostos

Matéria publicada na edição 64 da Revista Expressão.

Além de fornecer lazer, ela decora e valoriza sua casa

Por: Ana Paula Todisco

No verão, não tem nada melhor do que entrar em uma piscina para se refrescar, não é mesmo? Agora, já pensou em ter uma bem pertinho de você? Hoje em dia o curto para ter uma em casa está muito mais acessível e com diversos modelos.

Quem opta por ter uma dessas belezas em casa, acaba tendo um investimento a mais. “A piscina é uma grande forma de valorização do imóvel. Existem estudos que comprovam que há preferência na compra de uma residência com piscina”, afirma o diretor-secretário da ANAPP (Associação Nacional dos Fabricantes e Construtores de Piscinas e Produtos Afins), Demétrio Cabello Rodriguez, que também é o atual diretor-comercial da Ouro Fino Piscinas.

No mercado, existem quatro tipos de piscinas:

ALVENARIA

São aquelas que fazem a construção e são revestidas com azulejo. Demora aproximadamente 45 dias para ficar pronta.

Incluso: Material de construção, hidráulica, revestimento, filtro e bomba, escavação e mão-de-obra e garantia de cinco anos.

Valor: R$ 24.500,00* – Aquanew Piscinas

Ponto positivo: É uma piscina que dura eternamente

Ponto negativo: Trinca na impermeabilização se não for feita da maneira correta, por isso é sempre aconselhável contratar um especialista da área antes de construí-la.

CONCRETO ARMADO

São feitas com formas de madeiras, depois recheadas de concreto usinado. Demora aproximadamente 45 dias para ficar pronta.

Incluso: Material de construção civil, mão-de-obra para escavação, construção, revestimentos em azulejos ou pastilhas, filtro e bomba, dispositivos para circulação da água e garantia de cinco anos na construção.

Valor: R$ 27.000,00* – Aquanew Piscinas

Ponto positivo: É uma piscina que dura eternamente

Ponto negativo: Trinca na impermeabilização se não for feita da maneira correta, por isso é sempre aconselhável contratar um especialista da área antes de construí-la.

FIBRA DE VIDRO

São aquelas que já chgam a sua casa prontas. A empresa faz a escavação, coloca uma laje de fundo e encaixa a piscina. Demora de 20 a 30 dias para ficar pronta.

Valor: R$ 10.000,00** – Ouro Fino Piscinas

Ponto positivo: É uma piscina simples de ser instalada.

Ponto negativo: Com o passar do tempo, ocorre uma descoloração do casco e trinca da fibra.

VINIL

É feita uma construção com base em alvenaria e revestida por uma manta de PVC flexível, pode ser feita no formato e tamanho que o proprietário quiser. Demora de 20 a 30 dias para ficar pronta.

Incluso: Escavação, construção, revestimento em vinil sansuy, casa de máquinas, filtro e bomba, dispositivos, manta e perfil.

Valor: R$ 5.400,00* (preço promocional)  – Aquanew Piscinas

Ponto positivo: É uma piscina decorativa.

Ponto negativo: Esse tipo de piscina está sujeita a cortes acidentais, causados por objetos pontiagudos.

* Valor tendo como referência uma piscina de 8,00×4,00×1,40

** Valor tendo como referência uma piscina de 3,00×6,00×1,40

Equipamento e manutenção

Segundo o vendedor técnico da Aquanew Piscinas, Flávio Ferreira, R$ 30,00 é o valor que se gasta com o tratamento químico de uma piscina mensalmente. Essa manutenção é feita com produtos como cloro, algicida manutenção (mantém a água da piscina tratada para não proliferar algas) e clarificante, que são adquiridos em lojas especializadas. Além do químico, toda piscina necessita também de um tratamento físico que, segundo o diretor-comercial da Ouro Fino Psicinas, é feito com equipamentos como:

Filtro, que faz a limpeza física, retendo as partículas sólidas que estão na água e motobomba, responsável pela circulação e movimentação da água. Para adquirir esses dois produtos, você irá gastar, em média, R$ 800,00.

Além desses, há mais alguns produtos que serão necessários: dois dispositivos de retorno, que devolvem a água enquanto faz a circulação; skimmer (coadeira), que faz a captação da sujeira que está na superfície; dispositivo de aspiração, que conecta a mangueira para recolher a sujeira que está no fundo da piscina e ralo de fundo, que faz a sucção da água para passar pelo filtro. Na compra de todos esses equipamentos você irá desembolsar R$ 500,00.

  • Valor tendo como referência uma piscina de 3,00×6,00×1,40
  • Os valores acima podem sofrer alterações.
Anúncios

Jornalista diz que comeria carne de cachorro

Eu admito que sou amante dos animais até demais. Só não levo para casa porque me expulsariam de lá. Mas dou ração para os que estão na rua, vou em feira de adoções e procuro sempre fazer o melhor por eles.

Hoje, li um artigo do jornalista do portal R7, André Forastieri (http://cli.gs/zruR91). Ele diz que comeria carne de cachorro sem problema algum. “Eu tenho por cachorro o mesmo amor que tenho por uma vaca, um coelho ou um leitãozinho. Pra mim é bicho. Se é bicho, dá pra comer”, afirma o jornalista.

Eu estou sem palavras, mas que eu estou com raiva, estou!

Como pode existir pessoas tão más assim?

Nem os animais são “animais” como ele.

Ridículo.

 

Martha Penz

Há um tempinho atrás, fui visitar a FORD MODELS, uma agência bem conhecida no mundo da moda. O intuito da matéria foi de entrevistar a queridíssima Martha Penz.

Para conhecer um pouquinho mais…veja a matéria logo embaixo. (Ed. 72 – Revista Expressão)

Martha PenzFoto: Piero d´Avila

MARTHA PENZ

Beleza exótica na passarela

Por: Ana Paula Todisco

Em meio a um dos bairros mais estilosos de São Paulo, encontra-se a Ford Models, agência conceituada no mundo da moda e que possui um casting de “encher os olhos”. Dentre as belas modelos está Martha Penz que nasceu em Timbó, uma cidadezinha de Santa Catarina. Começou a carreira de modelo há quatro anos quando ficou entre as 15 finalistas do concurso Supermodel Brazil. A garota teve muita sorte, já que foram mais de 550 mil inscrições e, ao contrário de hoje, não tinha experiência.

Nova York, Paris, Milão, Barcelona e Madri está no currículo da gaúcha de 19 anos. Somente neste ano, desfilou para 16 grifes no SPFW Verão 2009/10, além das 11 do Rio Fashion e vários editoriais de moda. Uma “guria” muito requisitada.

Além das passarelas, Penz já participou de uma reality show da emissora MTV que mostrou realmente como é a vida de uma modelo. Eles a acompanharam durante as temporadas de desfiles, em casa e na rua. Foram duas semanas de “perseguição”. Para ela, a ideia foi muito bacana já que muitas pessoas querem ingressar nessa carreira. “É uma ótima oportunidade de ver como que é a correria de uma modelo”, explica.

Para quem sonha em seguir os passos dela, deve estar com o corpo em dia e dentro das medidas, a pele tem que estar bonita e o principal é ficar bem consigo mesma. Segundo Martha, esses detalhes é que transmitem uma boa imagem.

Dona de um rosto fora do comum é a queridinha de muitos estilistas. Caseira, gosta de cinema e sua comida preferida é massa e, ao contrário do que muitos pensam, modelo não precisa passar fome. Só para ter ideia, durante o SPFW são servidos bolos de chocolate e sucos com açúcar. Para invejar um pouco, Martha come de tudo o que gosta e afirma que não tem tendência a engordar. “Minha genética é magrinha”. Como sempre está com a agenda lotada, na maioria das vezes almoça em restaurantes, e quando está livre janta e toma café da manhã em sua casa.

Com seu estilo espontâneo rock´n roll, na hora de se vestir, Penz não segue a moda. Gosta de jeans, calça boyfriend com cinto, xadrez e camisas mais “jogadas”.

Por morar longe da família, sempre que tem um tempinho, vai para sua cidade natal visitá-los. “Nem que for para passar um final de semana porque sinto muitas saudades deles”, afirma.

Os pais da modelo sempre a apoiaram desde o começo da carreira até as viagens que ela faz. E, por falar em viagens, seu momento mais marcante na carreira foi a primeira visita a trabalho em outro país. Como não falava inglês, teve que aprender na prática. “Fiquei perdida porque não tinha ninguém para falar comigo, mas é muito legal. Sempre aprendo a cultura dos países”, relembra a modelo.

Lá fora, o Brasil é muito bem visto no mundo da moda. Para Martha, as “gringas” são mais reservadas e as brasileiras mais espontâneas. Em Barcelona, morou com uma modelo da República Tcheca e aprendeu a viver com as diferenças culturais, já que os costumes são bem diferentes. Atualmente, mora perto da agência com uma amiga, que, por incrível que pareça não é modelo. Mas, como a maioria, já dividiu apartamento com outras colegas de profissão.

O mais incrível, é que mesmo depois de trabalhar para diversas grifes, ela sonha em desfilar para a Calvin Klein. E, claro que conseguirá, afinal é dona de um rosto que foge do comum.

martha_2

Foto: Thiago Maziero

martha_3

Foto: Thiago Maziero

Carlota Joakina - SPFW Verao 2009Animale - SPFW Verao 2009

Foto: Agência Foto Site – Desfile SPFW 2009 Carlota Joakina (esq.) e Animale (dir.)

Isabela Capeto - SPFW Verao 2009Neon - SPFW Verao 2009

Foto: Agência Foto Site – Desfile SPFW 2009 Isabela Capeto (esq.) e Neon (dir.)

Uma  - SPFW Verao 2009samuel_fernanda_calfat

Desfile SPFW 2009 Uma (esq.) – Foto: Agência Foto Site – e Desfile SPFW 2009 Samuel Cirnansck (dir.) – Foto – Fernanda Calfat

Foto: Agência Foto Site – Desfile SPFW 2009 Isabela Capeto (esq.) e Neon (dir.)

Moda leve e vibrante

Como já disse, uma das minhas paixões é moda, mesmo não tendo um conhecimento grande. Fiz um editorial de moda para a edição 71 da revista Expressão que ficou uma gracinha. As meninas – Evelyn e Jéssica, da EG Model – são umas fofas e é incrível como elas são altas.

Vamos ao editorial…

LEVES E VIBRANTES

As cores estão fortes, cheias de atitude e se misturam o tempo todo com a leveza do neutro

Por: Ana Paula Todisco | Fotos: Eugênio Marquezini | Produção: Fabiano Fernandes | Beleza: César Medeiros

Evelyn_1

Vestido Maria Bonita Extra. Cinto Ágatha. Sandália Ellus. Colar Madame X. Brinco Lea Lilian

Evelyn_2

Camisa Calvin Klein. Saia Corporeum. Colar Bárbara Bela. Pulseira Lea Lilian. Cinto L´etage. Sandália Carmen Steffens

Evelyn_3

Vestido Essenciale. Cinto Litt. Flor Printing. Sandália acervo

evelyn_jessica

Evelyn usa vestido Litt'. Cinto acervo. Carteira Phyton Cosmopolita. Sandália Ellus. Anel Lea Lilian. Jéssica usa blusa Bobô. Cinto Les Amis. Brinco Lea Lilian. Shorts Le Lis Blanc. Pulseira Roberta Ferrari. Bolsa Saad. Sandália acervo

evelyn_jessica_2

Evelyn usa camisa MOB. Colete paetês L'etage. Cinto Essenciale. Saia acervo. Sandália Ellus. Jéssica usa blazer Aramis. Shorts L'etage. Cinto Ágatha. Sandália Nicolli Rossetti. Pulseira Roberta Ferrari. Brinco Lea Lilian.

evelyn_4

Colete Bobô. Vestido Agilitá. Cinto Lilian. Flor Printing. Sandália Calvin Klein.

Alguns looks não entraram no editorial, mas vou colocar aqui para vocês darem uma olhadinha. Só não tenho o crédito deles. =(

jessica_1

evelyn_5

jessica_evelyn

Bom, é isso… acho que ficou bonito!!!

Beijos


Bruxaria de hoje

Eu sei que o Dia das Bruxas já passou, mas vou publicar uma matéria que eu fiz para a edição 71 da revista Expressão sobre bruxaria. Eu gosto muito disso e já pensei várias vezes fazer um curso específico, mas nunca me sobra tempo nem dinheiro. Nem por isso deixo de ler alguns livros a respeito.

 

bruxa

BRUXOS DA MODERNIDADE

Comemore o dia 31 de outubro de uma maneira diferente. Junte seus amigos e faça um ritual cheio de magia

Por: Ana Paula Todisco

A psicóloga Andréia Zielinki, 35 anos, é uma paulista que atualmente mora em Araçoiaba da Serra, interior de São Paulo, com o marido, duas filhas, um gato, um cachorro, diversos passarinhos e peixes. Aos sete anos de idade já fazia banhos de flores, acendia incenso para energizar a casa, comia ervas que tinham o mesmo formato de um órgão do corpo, mas tudo sem saber o real significado. Fazia por intuição. Anos depois, fez um curso de bruxaria natural para ter mais conhecimento sobre o assunto. “Depois que comecei a estudar, fui perceber que as ervas que eu comia quando era pequena, realmente serviam para curar a dor que eu sentia”, conta Andréia.

Assim como ela, existem milhares de bruxas “solitárias” e muitas outras que preferem fazer rituais juntas. Uma data muito especial até hoje para quem pratica bruxaria é o Halloween ou Dia das Bruxas, como é mundialmente conhecido, que nasceu há mais de 2.000 anos, a partir das datas comemoradas pelo povo Celta, e desde àquela época eles já acreditavam que do dia 31 de outubro a 2 de novembro era o tempo em que a terceira (seres visíveis) e a quarta (seres invisíveis, como gnomos, fadas e duendes) dimensões se encontravam, e as forças sobrenaturais estavam livres para fazer o que quisessem.

Bruxaria Natural e Wicca

Foi por volta de 25 mil anos a.C., na era paleolítica, que a bruxaria surgiu, mas somente através da antropóloga Margareth Murray, uma mulher que dedicou a vida para estudar as origens da bruxaria, pode-se descobrir que o homem primitivo já cuidava da Mãe Natureza, como se eles fossem um só. Na época, não existia distinção entre natureza e ser humano, um completava o outro. E foi a partir daí que a harmonia foi se desenvolvendo. Porém, a predominância do homem sobre a natureza causou uma “rachadura” entre a questão da magia e do mental. Para resgatar a união, a bruxaria surge com duas linhas distintas: a Wicca, que vê na natureza uma maneira de religação com a religiosidade, mas que não tem somente um único tipo. São mais de 50 tradições diferentes de Wicca. Segundo o ocultista da Humaniversidade Holística, Alexandre Garzeri, que também criou uma dessas tradições – a WTOH (Wicca Tradicional, Ocultista e Hermética), durante as reuniões, que são realizadas uma vez por mês e geralmente na casa de um dos membros, eles celebram as estações do ano, colocam o ser humano mais próximo da natureza e também podem auxiliar na cura de doenças.

Já a Bruxaria Natural, busca o lado mais primitivo. “Mexemos com a terra, trabalhamos com os quatro elementos, ervas, cores, cristais e com a força da lua, além de respeitar a crença religiosa de cada pessoa”, explica a bruxa Tânia Gori que é presidente da Universidade Livre Holística Casa de Bruxa..

Prepare sua Festa de Halloween

O dia 31 de Outubro é a única data em que se pode fazer três pedidos. A bruxa Tânia Gori, dá algumas dicas para quem quer comemorar esse dia. Aproveite para chamar familiares e amigos e faça um ritual bem diferente.

Abóboras | Use e abuse das abóboras recortadas, os orifícios em forma de olhos, boca e nariz, iluminadas internamente por velas pretas, roxas e laranjas. A abóbora simboliza a fertilidade e a sabedoria. A vela indica os caminhos para os espíritos do outro plano astral.

Caldeirão | Dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos. Para substituir a fogueira, use lâmpada envolvida em papel celofane vermelho, amarelo e tons de laranja. As moedas, ao final da festa, devem ser recolhidas para serem doadas aos necessitados. Os bilhetes com os pedidos, devem ser incinerados para que sejam mais rapidamente atendidos, pois se elevarão através da fumaça.

Decoração e coquetel | Você poderá preparar tortas e bolos e decorar a mesa com abóboras iluminadas, maçãs vermelhas, frutas de Morgana e ainda servir vinhos e cervejas.

Ritual | O Halloween é um momento de grande festa e confraternização, pois como os portais estão abertos, podemos estabelecer um contato maior com todos os elementais. Por isso, no final da festa, é muito legal reunir os amigos e fazer um bonito ritual.

Ponche Mágico para o ritual | Separe algumas maçãs e um bom vinho. As maçãs devem ser cortadas em pequenos cubos e depositadas num jarro de vidro, acrescidas do vinho. À noite, deve-se acender duas velas cor de laranja e os participantes farão uma roda com as mãos dadas e mentalizarão seus desejos. Nesse momento, quem estiver liderando o ritual coloca o vinho nos cálices dos participantes. Quem tiver mais pedaços de maçã no seu cálice terá seu desejo realizado mais depressa. Já, quem não conseguiu essa graça, deve acender um incenso e pedir proteção para as bruxas.

Água quente o tempo todo

O que você costuma fazer para diminuir o consumo de água e energia? Uma das coisas que eu mais odeio é quando eu ando a pé e vejo as pessoas lavando as calçadas e os carros. Eles gastam litros e litros de água simplesmente para ter o carrinho lindinho para passear. Lógico que é necessário lavar o carro às vezes, mas pode se usar baldes ao invés de mangueira (que gasta muito mais). Outra coisa é lavar a louça e deixar a água lá… correndo pro ralo. Não suporto!

Fiz uma matéria (publicada na edição 71 da revista Expressão) que apesar de ter vínculo comercial, é interessante.

energia solar

QUE VENHA A ÁGUA QUENTE

Sistemas de aquecimento solar e trocadores de calor garantem água aquecida, não agridem o meio ambiente e ainda geram economia para o consumidor

Por: Ana Paula Todisco


Se você não abre mão de lavar a louça com água quente, tomar um banho morno e entrar numa piscina com temperatura agradável, saiba que existem alternativas para quem quer colaborar para um Planeta Terra mais saudável.

Equipamentos como aquecedor solar e trocador de calor se adaptam perfeitamente a qualquer projeto de aquecimento e proporciona máxima eficiência e economia de até 70% no caso dos sistemas de aquecimento solar e de 60% no dos trocadores de calor. Para quem não conhece, o sistema de aquecimento solar é formado basicamente por placas coletoras e um reservatório térmico. As placas captam a radiação solar transmitindo-a para a água. A água aquecida é armazenada no reservatório térmico, e pode chegar aos 70°C, sendo mantida em temperatura estável por até doze horas. Mas o que acontece se o dia estiver nublado? Segundo o diretor comercial da Ouro Fino, Demétrio Cabello, os reservatórios térmicos são equipados com um sistema auxiliar que garante água aquecida mesmo nos dias nublados.

O Brasil é um dos países com maior incidência solar do mundo, tendo regiões que apresentam sol quase o ano todo. O custo destes equipamentos não é tão alto considerando a contrapartida ambiental e econômica do consumidor. Para o diretor da Alternativa Energia – empresa especializada em projetos solares -, Francisco Gomes, o investimento varia de acordo com o tamanho do projeto e do número de pontos de água quente. “A escolha pelo menor preço do equipamento deve considerar a melhor relação custo/ benefício. Mas o valor menor gira em torno de R$ 2.500 a R$ 3.500”, explica. Dependendo do tamanho do projeto, o investimento pode ser recuperado em dois ou três anos. Isso faz com que, além de residências, indústrias também venham a se interessar pelos aquecedores solar. No uso industrial, este sistema fornece água pré-aquecida para as caldeiras que gera uma redução no consumo de gás ou óleo combustível. “As empresas começaram a adotar o aquecimento solar. Elas estão percebendo que a tecnologia é viável, não somente para o aquecimento da água com fins sanitários, mas também como auxílio nos processos industriais, gerando ganhos ambientais e uma grande redução no custo operacional”, ressalta o engenheiro Márcio Takata, diretor da Enova Solar, empresa especializada em projetos de aquecimento solar residenciais e industriais.

Além do uso residencial e industrial, os aquecedores solar, também podem ser usados para aquecer a água das piscinas, mesmo em clubes ou academias. Já existem modelos específicos para essa finalidade, e esse tipo de aquecedor dispensa o uso de estrutura metálica e de canos de cobre, permitindo o uso do cano de CPVC para água aquecida e a instalação diretamente no telhado. A água chega a uma temperatura máxima de 35°C.

Já o trocador de calor, apesar de ser um equipamento elétrico, não utiliza a energia elétrica para aquecer a água. Seu funcionamento se assemelha ao de um ar-condicionado ao contrário, pois ele retira o calor do ar e joga para dentro da piscina. O aquecimento acontece pela troca de calor. A instalação deste tipo de aparelho é bem simples, necessitando apenas de uma área aberta para captação constante do ar, podendo ser feita tanto em áreas internas como externas. “É um sistema moderno, muito eficiente no frio e mais econômico que os aquecedores elétricos convencionais. As temperaturas alcançadas variam de acordo com o tamanho da piscina, mas giram em torno de 30°C, temperatura recomendada para áreas externas, e até 36°C nas áreas fechadas, como clubes e academias”, explica Cabello.

Em muitas cidades e estados do Brasil foram adotadas novas leis para fomentar o uso da energia solar térmica. Algumas preveem a obrigatoriedade da implantação do sistema de aquecimento solar em edificações residenciais, industriais e comerciais, como é o caso da cidade de São Paulo. Em outras localidades, como Porto Alegre/RS e Belo Horizonte/MG, são oferecidos incentivos fiscais para estimular a adoção desses sistemas. “A nova lei trouxe um sensível aumento na demanda por aquecimento solar, não só no segmento residencial, mas também no segmento corporativo”, afirma Takata.

Independentemente das razões que motivam os consumidores atuais a investirem em equipamentos que reduzam o impacto ambiental de suas atividades, a única certeza que se tem é que esta é uma mudança de pensamento e de atitude extremamente necessária, urgente e benéfica para esta e as futuras gerações.

Adote um animal

Uma das matérias que eu mais gosto de fazer é sobre animais. Não sei se é pelo simples fato de eu amar bichinhos ou para tentar alertar a população que eles também devem ser tratados com muito respeito. A última que eu fiz foi sobre posse responsável (essa aqui embaixo). Logo depois fui na feira de adoção no CCZ de São Caetano ser voluntária. Sai de lá chorando e passei o resto do dia aos “prantos”. O motivo: uma das cachorrinhas ficou comigo o dia todo e na hora que fui embora ela começou a chorar, latir e tentava fugir da mão da moça para vir comigo…

Eu até levaria a Pretinha – sim, ela é uma vira lata pretinha – comigo, mas já tenho duas e moro em apartamento. Minha mãe me botaria pra fora.

Segue a matéria publicada na edição 71 da revista Expressão…

 

POSSE RESPONSÁVEL

Cerca de 160 mil cães estão vagando pelas ruas de São Paulo. O que fazer para reverter essa situação?

Por: Ana Paula Todisco

De acordo com um censo divulgado recentemente pelo Radar Pet, praticamente metade das famílias do país tem um cão ou gato em casa. A pesquisa, que foi encomendada pela Comissão de Animais de Companhia do SINDAN (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), calculou que a população estimada total para as classes A, B e C é de 25 milhões de cães e sete milhões de gatos, no Brasil. Porém, cerca de 10% da população canina de São Paulo não tem um lar. São aproximadamente 160 mil cães que vagam pelas ruas da cidade. Segundo o médico veterinário Marcos Eduardo Fernandes, entre os principais problemas que eles causam à população estão as doenças como a toxoplasmose e a raiva; acidentes de trânsito nas principais vias de tráfego; ataques e mordeduras em crianças e pessoas; e aumento da população canina.

Para reverter tal situação, é importante pensar muito bem antes de comprar ou adotar um animalzinho, já que ele tem sentimentos e não pode ser descartado como um objeto. “Abandono de animal é crueldade, só leva o bichinho ao sofrimento. Estudos comprovaram que eles são “seres cientes”, isso quer dizer que eles sentem dor de alma”, exclama Fernandes.

Antes de adquirir um animal, é necessário ter em mente que o custo mensal de um cachorro é de aproximadamente R$ 300,00 e de um gato é R$ 100,00. Além disso, tanto a prefeitura como o munícipe tem papel fundamental dentro desse contexto para que cada vez menos tenhamos animais errantes nas cidades.

Dia Internacional dos Animais

Para comemorar essa data tão importante, celebrada em 4 de outubro, a Prefeitura de São Caetano do Sul, junto à Organização Não-Governamental (ONG) Arca de Noé – NIPA, realizará no dia 3 a primeira feira de adoção de cães e gatos – a AdoCão – que estão abrigados no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da cidade. A assessora de imprensa do prefeito José Auricchio, Andréa Brock, afirma que o apoio e atenção do prefeito para a causa animal tem dado resultados importantes. “Sem apoio político nossa causa não chega a resultados efetivos. É fundamental que os governantes entendam a causa como uma ação de importância para a sociedade em geral”, relata a jornalista que também é militante da causa animal.

Além disso, todos os cães e gatos do CCZ receberão microchips de identificação. Segundo a assessora Especial de Ação Social da Prefeitura, Regina Maura Zetone, o procedimento é eficaz, pois assim terão a garantia de que os animais adotados no Centro de Controle de Zoonoses estão tendo a atenção necessária de pessoas que cuidarão deles por toda vida.

Uma outra inovação promovida pela Prefeitura de São Caetano do Sul é a Unidade Móvel de Ações Veterinárias – o “Pet Bus” – que tem uma estrutura e finalidade preventiva e educativa, além de estar disponível em eventos e campanhas, objetiva promover ações como vacinação antirrábica, fornecer orientações e estimular a posse responsável de animais.

Veja algumas dicas antes de adquirir seu bichinho de estimação

– Procurar um veterinário antes da compra/ adoção;

– Buscar informações sobre as raças para ver se é adequada ao seu perfil;

– Verificar a procedência dos criadores;

– Ao pegar um bichinho na rua, procure um veterinário imediatamente antes de levá-lo para casa, assim o profissional irá diagnosticar se ele precisa de cuidados médicos;

– Se você quiser adotar um cão ou gato, procure o Centro de Controle de Zoonose da sua cidade. Lá, ele já vai ter passado por consultas e estará só esperando um dono para levá-lo para casa.

– Não esqueça que depois que ele estiver com você, deve tomar todas as vacinas e ter uma condição de qualidade de vida, não poderá ser maltratado, nem ficar exposto a condições climáticas, pois podem contrair broncopneumonia, insolação e depressão imunológica. Mas o principal de tudo é que ele deve receber muito carinho de seu dono.